CIDADANIA DIGITAL

O Ponto de Cultura Ypuarana realiza ações de cidadania e cultura digital, através de projetos e oficinas de produção cultural, audiovisual, artes integradas e cultura popular.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Começam os ensaios para a gravação do 3° episódio da Série "Roni Estone - O detetive do agreste"

          Teve iníco esta semana, na sede do Ponto de Cultura Ypuarana, na cidade de Lagoa Seca, PB, os ensaios com parte do elenco que irá gravar o 3º episódio da Série para Televisão, " Roni Estone, O detetive do Agreste". 

          Os ensaios e a preparação do elenco estão sob a direção dos trabalhos de Magna Fontes, que também atua na série, tendo participado do primeiro episódio, interpretando o personagem senhorita Rosiene.
          O roteiro, mais uma vez foi escrito pelo criador da série Luzildo Queiróz. O Ponto de Cultura Ypuarana, além de servir de base para todo o processo de preparação e criação do filme, também participa através do seu coordenador, Hipolito Lucena, que é co-produtor do seriado. Abaixo foto dos ensaios.













quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Abertura da exposição "3 em UMA"

DIA NACIONAL DA CULTURA É COMEMORADO NESTA QUINTA EM LAGOA SECA


O Ponto de Cultura Ypuarana em parceria com Prefeitura de Lagoa Seca, realizam atividades em comemoração ao "Dia Nacional da Cultura". Uma programação com atividades artísticas, culturais e educacionais, foi elaborada em conjunto, para atender e compartilhar com a acomunidade ações reflexivas sobre a importância da cultura no cotidiano das pessoas.


Na sede do Ponto de Cultura Ypuarana, onde também funciona a Casa da Cultura Paulina Diniz, acontecerão a exposição de artes plásticas do artistas Erik Kleiver e Flaw Mendes, além da exibição de filmes da programação do "Dia Nacional da Animação".


O público poderá prestigiar apresentações artísticas realizadas pelas escolas do município, além de sarau poético com poesias lidas e recitadas. O evento também receberá as exposições de gravuras do artista plástico Josafá de Orós, A feira de Campina Grande e Retratos de Alguém.

Na programação ainda acontecerão palestras, apresentações de dança e exibição de vídeos, além de uma banca com folhetos de cordel.

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

PC Ypuarana recebe exposições de artes visuaisO Ponto de Cultura Ypuarana em parceria com as Secretarias de Cultura e de Educação da Prefeitura Municipal de Lagoa Seca juntamente com a Casa de Cultura Mestra Paulina Diniz, realizam a exposição "3 EM UMA", a abertura será nesta quinta-feira (01/10) às 15:30 na sede do Ponto de Cultura Ypuarana, localizado na Rua Antônio Borges da Costa, 210, centro de Lagoa Seca e ficará aberta a visitação pública até o próximo dia 09 de outubro. Participam da exposição os artistas Josafá de Orós e Wagner Pina, que tiveram projetos aprovados no edital de Microprojetos de Circulação do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos e da FUNARTE.

O Ponto de Cultura Ypuarana em parceria com as Secretarias de Cultura e de Educação da Prefeitura Municipal de Lagoa Seca juntamente com a Casa de Cultura Mestra Paulina Diniz, realizam a exposição "3 EM UMA", a abertura será nesta quinta-feira (01/10) às 15:30 na sede do Ponto de Cultura Ypuarana, localizado na Rua Antônio Borges da Costa, 210, centro de Lagoa Seca e ficará aberta a visitação pública até o próximo dia 09 de outubro.
Participam da exposição os artistas Josafá de Orós e Wagner Pina, que tiveram projetos aprovados no edital de Microprojetos de Circulação do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos e da FUNARTE.

As exposições:


“Eu S2 PB”, do fotógrafo Wagner Pina, que retrata situações e lugares do cotidiano a partir de um smartphone. A exposição fica em cartaz até o dia 9 de outubro, no Ponto de Cultura Ypuarana.






A Feira de Campina Grande sob a Ótica da Xilogravura”, de Josafá de Orós, retratação de paisagens e personagens







Josafá de Orós
“Paraíba Grandes Nomes”, assinada pelo xilógrafo e ilustrador Josafá de Orós, narra, através da xilogravura e do cordel, a vida de personalidades como Ariano Suassuna, maestro Zé Siqueira, Geraldo Vandré, Paulo Pontes, Sivuca, Zé da Luz, Margarida Maria Alves e Anayde Beiriz.


O “Paraíba Grandes Nomes” apresenta a grandiosidade de personalidades como João Pedro Teixeira, um dos primeiros mártires dos conflitos agrários no Nordeste; Félix Araújo, que foi soldado raso nos campos da Itália, instigava seus pares à vigilância da democracia então ameaçada; o gênio de Celso Furtado, economista; Manoel Camilo dos Santos, autor do onírico clássico Viagem a São Saruê; o genial guerreiro da cultura Ariano Suassuna; o multiinstrumentista Sivuca; Zé da Luz com a projeção de um Brasil matuto; Antônio Bento, crítico de arte e personagem paraibano na obra Macunaíma de Mário de Andrade; Melo Leitão o fundador da aracnologia na América do Sul; Pinto do Monteiro, um dos maiores vates da viola nordestina; Margarida Maria Alves, expressão de -ponta no reclame pela justiça camponesa; Anayde Beiriz poetiza que influiu sobre a Revolução de Trinta na Paraíba; e expoentes como José Lins do Rego, Zé Américo, Pedro Américo, Augusto dos Anjos, Miguel Guilherme, e mais paraibanos, uns com certa evidência, outros habitando na penumbra, quando não, no breu do esquecimento que aqui estão lembrados no cordel e na xilogravura de Josafá de Orós.

Para Josafá de Orós, “as nossas escolas precisam conhecer os seus heróis de carne e osso e, na pretensão de preencher tal lacuna, temos escrito plaquetes, muitas vezes já em forma de cordel ressaltando alguns traços desses personagens. O que vínhamos fazendo por nossa conta e risco tem agora a aquiescência e a sensibilidade do Ministério da Cultura e do Banco do Nordeste do Brasil, estes se revelando por sua vez, como entes visionários, leitmotiv no âmbito cultura, esboçando interessantes diretrizes para o nosso desenvolvimento nacional num contexto de globalização”.

Josafá de Orós é natural de Orós, Ceará, contudo mora atualmente na estância Poiésis no município de Lagoa Seca, depois de ter morado 40 anos no município de Campina Grande, ambos no Estado da Paraíba. É pintor, escultor, muralista, gravador, poeta. Foi articulista na imprensa paraibana onde publicou dezenas de artigos e ensaios sobre estética, filosofia, sociologia, artes etc. Graduado em sociologia. Participou de vários certames literários onde publicou obras poéticas.




sexta-feira, 17 de julho de 2015

Lançamento do filme Roni Estone, será neste sábado em Lagoa Seca

          


          O episódio piloto O Mistério da Bolsa, da futura série Roni Estone - O Detetive do Agreste, será lançado dia 25 de Julho ( sábado ) na Praça Severino Cabral (em frente a Igreja Matriz), no centro de Lagoa Seca PB, cidade onde foi filmado, à noite, às 20h, logo após a missa. O filme é uma comédia e tem duração de 45 minutos. 

Todos estão convidados! 
Traga a família!
Curta a nossa página:  www.facebook.com/detetiveroniestone

terça-feira, 14 de julho de 2015

Trailer do filme Roni Estone - O Detetive do Agreste

video

Teaser do filme Roni Estone - O Detetive do Agreste

video

Ponto de Cultura Ypuarana realiza mais uma produção audiovisual



2F5A0133
O  Ponto de Cultura Ypuarana, está finalizando mais uma produção audiovisual Desta vez, a Instituição realiza em parceria com a Stars Games e Graphics, o filme “Roni Estone: o detetive do Agreste”.
Filmado em Lagoa Seca e finalizado em Campina Grande, o filme apresenta peculiaridades da região nordestina e integra um seriado de TV, explorando o gênero de comédia. O episódio de gravação do programa piloto aconteceu nos meses de maio e junho de 2015 e, atualmente, se encontra na fase de finalização e pós-produção, com previsão de estreia para o próximo dia 25 de julho.
O primeiro episódio, com duração de 40 minutos, tem como título “O caso da bolsa”. O elenco é formado por Luzildo Queiroz (Roni Estone), Magna Fontes (Rose Ane), Kiko Filho (Jonas), Adriano Ezequiel (Ezequiel), Fábio Ramon (Fernando Bigode), Hildeberto Figueiredo (Flaminberto Saturnino), Amanda Janynne (Débora), Josy Rocha (Menina do bar), Rosana Fernandes (Dona do Bar da Leila), Cândido Freire (Cliente).
A obra conta com o trabalho coletivo de um grupo de artistas das cidades de Lagoa Seca, Campina Grande e João Pessoa. Cerca de 30 pessoas entre atores, diretores, produtores e técnicos atuam no filme.
2F5A0061O roteiro narra histórias de um detetive atrapalhado e as situações engraçadas que acontecem enquanto ele trabalha na solução dos casos. As cenas do primeiro episódio usaram como cenário e locações a cidade de Lagoa Seca, explorando seus espaços físicos e suas características regionais, além do sotaque e modo de vida de seus moradores. A ideia foi construir uma meta narrativa local, mas antenada com os elementos universais da cultura.
O filme tem a direção de Silvio Toledo; criação e roteiro de Luzildo Queiroz; e produção de Hipólito Lucena, Ponto de Cultura Ypuarana, STAIRS Graphics & Games e Luzildo Queiroz. Participam ainda do projeto Jonatas Santos, na Direção de Fotografia; o artista plástico e poeta Josafá de Orós, que assina a direção de arte; Inêlda de Cristo, responsável pela maquiagem e caracterização; além de Wallison Darisvan, responsável pela montagem e edição.
Ficha técnica:
Câmeras: Jonatas Santos e Wallison Darisvan e Silvio Toledo
Assistentes de Produção: Rosana Fernandes, Thaynná Xavier, Flávio Leal e Josy Rocha
Animação Abertura: Marcelo de Holanda, Marciano Holanda, Silvio Toledo e William Medeiros
Figuração: Jorge Elô, Silvino Costa, Rosana Fernandes, Thaynná Xavier, Marciano de Holanda, Guilherme Xavier, Antônio Helder, Josafá de Orós, Francisco de Assis, Eder Guimarães, Herlder, Denis Araújo, Daniel Toledo, Kaykson Arruda, Joel Queiroz Cauã Araújo, Sarah Ellen, Geovanna Gabrielly, Iara Paulina, Sobrinho de Jonatas, João Paulo, Valmir e Artur Paulo
Trilha Sonora: Luzildo Queiroz, Adriano Ezequiel e Fabiano Wooten
Música do Bar: Altemar Dutra Filho
Som Direto: Hipólito Lucena, Fabiano Wooten e Adriano Ezequiel
Fotografia Still: Yasmim Alencar, Rosana Fernandes, Hipolito Lucena e Josy Rocha
Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Roni Estone - O detetive do Agreste




















PC Ypuarana participa de mais uma produção audiovisual

Projeto:
As aventuras de Roni Estone - O detetive do agreste

SURGIMENTO DA IDEIA
A ideia surgiu a partir de três motivos:
• Momento de ociosidade artística
• Vontade de reunir novamente os amigos
• Aproveitar o potencial do pessoal local

ALGUNS DETALHES
O seriado conta a história de Roni Estone, um detetive particular que procura desvendar seus casos de forma engraçada e peculiar. Toda a trama é envolvida numa áurea humorística suave, não escrachada, passando a ideia de naturalidade ao telespectador. Os casos a serem desvendados, também são inusitados combinando com a personalidade dos personagens envolvidos.

EPÍSÓDIO 01 – O MISTÉRIO DA BOLSA
Rose Anne contrata o detetive Roni Estone para descobrir o paradeiro de seu suposto ex-marido Alberto. Objetivo: pegar de volta uma bolsa feminina que ele a havia dado de presente e tomado de volta na separação dando à sua suposta amante, e agora esposa, Luci. Dentro da bolsa, em um compartimento secreto feito pela própria Rose Anne, há algo de grande importância que pertence a ela e que precisa ser trazido de volta o quanto antes. Para então encontrar Alberto e a tal bolsa, Roni Estone, de forma divertida, o procura através de pistas, passando por lugares que ele costuma frequentar até o encontrar. No final o telespectador terá grandes surpresas!

LISTA DE PERSONAGENS
• Roni Estone
• Rose Anne
• Ezequiel
• Jonas
• Alberto
• Luci
• Balconista do bar

FIGURANTES
• Clientes do bar
• Menina que entra no bar

UM POUCO SOBRE OS PERSONAGENS

Roni Estone
  • Protagonista do seriado;
  • Nome verdadeiro: Ronaldo Brito Anacleto de Araújo;
  • Idade entre 28 e 35 anos;
  • Sofre de ansiedade crônica;
  • Tenta parecer esperto porém é desajeitado e inocente;
  • Péssimo com as mulheres;
  • Seu drink é leite com chocolate batido;
  • Usa os seguintes jargões: compreendo-te e elamentar meu caro;
  • Mora temporariamente no proprio escritório super bagunçado;
  • Tem como inspirações principais os personagens fictcios James Bond e Sherlock Holmes;
  • Seu traje é composto por um chapéu estilo Indiana Jones, uma camiseta de botão quadriculada com colete de camponês por cima, calça social quadriculada e tênis;
  • Usa uma lupa e um pirulito no lugar do cachimbo.

Rose Anne
  • Personagem específica do 1º episódio;
  • Idade entre 20 e 25 anos;
  • Moça bonita e elegante;
  • Contratante de Roni Estone no episódio;
  • Tem um jeito atraente e ao mesmo tempo misterioso; dissimulada; procura se valer de sua aparência e charme;
  • Protagoniza a grande descoberta no fim do episódio;

Ezequiel

  • Personagem fixo do seriado;
  • Nome verdadeiro: Ezequiel Verona
  • Companheiro de investigações de Roni Estone;
  • Idade entre 25 e 30 anos;
  • Dedicado a estudos em geral, principalmente ciências;
  • Inteligente porém introvertido, estilo nerd aos moldes nordestinos.
  • Sem jeito com mulheres e viciado em jogos e equipamentos eletrônicos.
  • Tenta ficar distante de Roni Estone que teimosamente o procura sempre.
  • Tem um dom de inventar coisas inusitadas;
  • Desorganizado e sem vaidade pessoal;
  • Seu traje é composto por uma bermuda ou calça com suspensório e camisa com algum desenho ou super herói na frente.

Jonas
  • Personagem específico do 1º episódio;
  • Idade entre 25 e 30 anos
  • “Melhor amigo” de Alberto;
  • Tem um jeito despojado, à vontade no vestir, com bermudão, camiseta regata e sandálias tipo Samoa;
  • Fala com gingados, com algumas gírias tipo “meu irmão”, “meu véi” oscilando entre tirador de onda e melancólico, carente;
  • Também protagoniza a descoberta mais importante da história;

Alberto
  • Alvo da investigação de Roni Estone;
  • Nome verdadeiro: Flamimberto Simoninho;
  • Personagem específico do 1º episódio;
  • Idade entre 30 e 35 anos;
  • Homem de aparência séria e bem vestido;
  • Dono da recém aberta loja de cosméticos feitos à base de produtos nordestinos: FL Cosméticos;
  • É o suposto ex-marido de Rose Anne e suposto amante de Luci.

Luci
  • Suposta amante de Alberto;
  • Personagem específico do 1º episódio
  • Moça de boa aparência e bem vestida;
  • De boa família e bem educada;
  • Demonstra gostar bastante de Alberto;
  • Dona da FL Cosméticos junto com Alberto.

Balconista do bar

  • Personagem específico do 1º episódio
  • De aparência típica para donos de bar; um pouco gordo, de bigode e sobrancelhas fartas;
  • Seu traje é composto por camisão branco, boné e calça jeans folgada;
  • Aparenta ser de personalidade fechada, mas na verdade é simpático;
  • É viciado em castanhas de caju;
  • Mora na mesma casa onde fica o bar. O bar fica na frente e a casa atrás.

Menina do bar

  • É mais uma figurante do que personagem;
  • Específico do 1º episódio;
  • Idade entre 18 e 21 anos;
  • Menina bonita com ar de malícia natural, inocente;
  • Mora na casa do bar sendo assim parente de alguém de lá.



CONSIDERAÇÕES FINAIS

  • As locações propostas para as filmagens seriam:
  • Cozinha do salão paroquial ou uma das salas do telecentro – escritório de Roni Estone;
  • Quarto e computador de Adriano – O quarto e o computador de Ezequiel;
  • Chambas music bar: O bar da cena com o balconista e Jonas;*
  • Praça central – Para a segunda cena com Rose Anne;


* No roteiro o nome do bar é Buchadas Bar. Porém poderia ser usado o nome original do bar que acontecer as filmagens.

quinta-feira, 16 de abril de 2015


 Para quem não viu ainda o curta metragem produzido pelo Ponto de Cultura Ypuarana e pela Stairs Graphics e Games, segue abaixo o link.




       



https://www.youtube.com/watch?v=AoYW42ZOtqM